Planejamento Logístico: melhoria dos resultados Destaque, Logística e SCM

melhoria-dos-resultados

Quando falamos em planejamento logo pensamos em uma organização (empresa), porém o planejamento faz parte de nossas vidas. Algumas pessoas possuem maior habilidade para lidar com o planejamento, mas outras nem tanto. Tudo isto por conta de não aprendermos desde de pequenos. O planejamento é uma ferramenta importante para conquistar algo que desejamos. Se tivermos este princípio e prática em nossas vidas, obteremos o sucesso esperado.

Dentro das organizações destacamos três perspectivas diferentes quanto ao planejamento: estratégico, tático e operacional, mas quando falamos em planejamento logístico estes três níveis, cada um com o seu grau de participação e importância, deverão estar alinhados e bem gerenciados e acompanhados para garantir a concretização do que foi planejado.

Quando a organização não acredita na importância em saber qual o melhor caminho a seguir ou o que deve fazer, estará à mercê de um mercado cada vez mais consciente e competitivo, e em um curto espaço de tempo pode ser batido pela concorrência, pois novas ideias e formatos poderão substituir o seu produto e/ou serviço.

Planejamento envolve escolher um destino, avaliar outras alternativas caso aconteça uma situação inesperada e determinar o melhor caminho para se chegar onde deseja.

Encontramos nas literaturas algumas definições sobre os processos que envolvem a Logística, dentre elas destacamos Nogueira (2012) que faz menção a Bowersox sobre a importância de conhecer as principais atividades da logística para controlar e planejar de forma adequada. É de competência da Logística a coordenação de áreas funcionais da empresa desde a avaliação de um projeto de rede, englobando localização das instalações (inclusive estrutura interna e quantidade), sistema de informação, transporte, suprimentos, armazenagem até se atingir um processo de criação de valor para o cliente, que é de grande importância no planejamento logístico.

Como sugestão, o planejamento logístico deve ser realizado depois da elaboração dos fluxos de processos envolvidos na gestão da cadeia de abastecimento, desde o fornecedor de sua matéria-prima até a entrega do produto no seu cliente. Assim a empresa poderá focar os principais processos que necessitam de um melhor planejamento para obter melhores resultados. Em detalhes os principais processos para início do nosso planejamento são:

  • Localização das Instalações: Influencia o recebimento e distribuição dos produtos. A empresa deve definir o(s) modal ou modais de transporte, armazenagem e distribuição que pretendem utilizar. Uma boa localização possibilita a implantação de ferramentas logísticas que reduzem material em estoque e espaço físico, proporcionando redução significativa de custo nestes processos;
  • Sistema de informação: O mercado oferta cada vez mais um número maior de “soluções informatizadas” para os processos logísticos, por este motivo é de grande importância conhecer os processos que envolvem as operações de sua empresa antes de comprar um software. A falta de colocar todos os processos de forma detalhada, compromete o sucesso da implementação, gerando muitas vezes transtornos e situações desagradáveis como as conhecidas customizações no sistema;
  • Suprimentos: Definir e decidir o que estocar e quanto estocar, caracteriza o início de um ciclo da cadeia logística e tem como elementos: reduzir os tempos de fornecimento de materiais, receber produtos de melhor qualidade, reduzir os estoques, ter produtos sempre que necessário, saber a previsão de demanda, efetuar o planejamento das necessidades (materiais e recursos), desenvolvimento de novas fontes de fornecimento, compras e seus respectivos controles;
  • Armazenagem: Serve para lidar com as incerteza e flutuações que por ventura podem acontecer. Porém algumas atividades são de suma importância para os processos de uma armazenagem consciente como; compreensão das operações e do tempo, recebimento de produtos, estocagem dos produtos, manutenção da acuracidade dos produtos estocados, embalagem, processamento de pedidos, treinamento de pessoal e conhecimento dos processos por parte dos colaboradores da organização, são fundamentais;
  • Transporte: A escolha do modal ou modais de transporte(s), está diretamente ligada as necessidades da empresa onde devemos analisar o custo, velocidade e confiabilidade. A definição entre transporte próprio ou contração de um terceiro é fundamental, pois aí pode estar o seu diferencial competitivo.

Saber onde desejamos chegar trará uma visão mais ampla e clara do que e como devemos planejar os nossos processos, para poder chegar no destino certo conforme estabelecido pela empresa.

Amarildo Nogueira

Sobre Amarildo Nogueira

Autor do livro Logística Empresarial: uma visão local com pensamento globalizado editora Atlas. Mestre em Gestão de Negócios pela Universidade Católica de Santos, MBA em Logística Empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), Business and Management International Professional pela University of California (Irvine-EUA). Possui especialização em Metodologia do Ensino Superior e Metodologia da Pesquisa pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). É Bacharel em Sistemas de Informação pelo Centro Universitário Fundação Santo André (FSA) e tem formação em Coaching Integrado Internacional pelo ICI- Integrated Coaching Institute). Pesquisador e professor em cursos de graduação e MBA nas áreas de logística, administração e gestão de pessoas.

Planejamento Logístico: melhoria dos resultados
1 vote, 4.00 avg. rating (80% score)